mirando mundo

o mundo… sob um certo olhar – e interação

Consciência Negra

Esse feriado me parece uma linda conquista para esse momento histórico. Felicito os que permanecem se dedicando às transformações e evoluções da consciência.
Seguimos legitimando a luta e a poesia afrobrasileira!

Ipea lança livro “Desigualdades raciais”, com download gratuito

21/11/2008

O Ipea lançou ontem (20/11), no Dia da Consciência Negra, o livro “Desigualdades raciais, racismo e políticas públicas 120 anos após a abolição”.

O livro traz análises inéditas sobre a política de cotas brasileira e sobre os números dos censos e Pnads desde 1890 que confirmam que a população brasileira volta em 2007 a ser de maioria negra como fora no primeiro registro oficial confiável, de 1890.

O mais novo lançamento do Ipea está disponível na íntegra gratuitamente no sítio eletrônico do Ipea (www.ipea.gov.br). Basta clicar sobre a reprodução da capa e, na página da sinopse, clicar em “acesse o documento”.

“Não é que o Brasil esteja se tornando uma nação de negros, mas está se assumindo como tal”, destaca o pesquisador Sergei Soares, um dos autores do livro.

Para o organizador do livro, Mário Theodoro, diretor de Cooperação e Desenvolvimento do Ipea, é muito importante essa tomada de consciência da população negra e a conquista de direitos no Brasil. “Mas os negros vivem ainda hoje uma situação de enorme desigualdade em relação à população branca. Com menos empregos, salários menores, menos acesso a escola e universidade, muito menos acesso a rede de saneamento básico e muito mais pobreza.”

O livro apresenta um conjunto de estudos enfocando diversos aspectos da questão racial no Brasil.

– Cap 1. Inicia com um enfoque histórico que analisa a formação do mercado de trabalho brasileiro à luz do passado escravista e da transição para o trabalho livre.

– Cap 2. Sobre a discriminação racial e a ideologia do branqueamento que ganham força, sobretudo a partir da abolição.

– Cap 3. Trata do tema racial tendo em vista as diferentes abordagens do estudo da questão da mobilidade social, proporcionando um rico quadro da trajetória dos estudos sobre o assunto.

– Cap 4 e 5. Tratam dos dados mais recentes sobre as desigualdades raciais, extraídos da Pnad: um sobre os aspectos demográficos outro sobre os diferencias de renda.

– Cap 6. Analisa as políticas públicas de combate à desigualdade racial no Brasil seus limites e abrangência.

– Cap 7. São apresentadas algumas conclusões com base no que foi discutido nos capítulos anteriores.

Autores:

MÁRIO THEODORO (organizador)
A formação do mercado de trabalho e a questão racial no Brasil.

LUCIANA JACCOUD
O combate ao racismo e à desigualdade racial: o desafio das políticas públicas de promoção da igualdade racial.

RAFAEL OSÓRIO
Desigualdade racial e mobilidade social no Brasil: um balanço das teorias.

SERGEI SOARES
As desigualdades raciais no Brasil – a trajetória a partir dos dados da Pnad.

Para baixar o livro basta acessar www.ipea.gov.br e clicar na reprodução da capa no link livraria (à dreita)

*********************************************

22 de novembro de 2008 - Posted by | DIVULGAÇÃO CIENTÍFICA |

Nenhum comentário ainda.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: